Sertão Para Ser Do Ceará

Circo pegando fogo

O artista circense Carlos Mariano, o “Motoka”, 45 anos, contou em entrevista ao SerTão Para Ser do Ceará, sua trajetória no circo, as dificuldades que enfrenta para manter os espetáculos e a sua esperança de um dia ver o “circo pegando fogo”.

O não me deixes

É quase possível sentir o calor do fogão à lenha, o cheiro dos bolos, dos assados, guisados, das bebidas e dos intermináveis doces. Como não sentir vontade, ou diria até mesmo fome, para se esbanjar em um baião de dois, paçoca, sarrabulho, tapioca, mal-assada e no bolo de milho? Senti até saudade do que nunca provei.

ARTESANATO – Do utilitário ao decorativo

O Artesão, em um anônimo gesto de criação, dá vida às formas, aos objetos e aos seus sonhos.

Do sertão se faz arte: O joalheiro que faz da natureza sua matéria prima

Ao chegar à oficina do joalheiro Francisco Antônio Rabelo, pude sentir logo de cara a energia boa daquele lugar. O artista lapidava mais uma pedra, que depois viria a ser mais uma linda jóia produzida por ele.